O seu conteúdo literário preferido na tela do seu computador!
 
Página Inicial - Aventuradeler.com

A que viemos

Aventura de ler

Sala de aula

Livros

Transversais

Contos

Crônicas

Poesias

Biografias

Assim falou

QuizArte

Cinema

Colunas

Bibliografia

 

 

 


Ao professor

Se a função básica da escola é a transmissão do conhecimento e se esse processo se realiza quase que exclusivamente através dos livros, fazer de cada aluno um leitor é caminho obrigatório para atingir essa meta.

Alfabetizar é o primeiro passo, mas a leiturização é imprescindível.

Desperte em seu aluno a fome de ler – essa é a proposta. Fome é uma coisa boa, ruim é não ter comida. E, às vezes, mesmo quando se tem fome, ruim é a comida sem sabor ou de má qualidade. Nossa idéia é discutir as vantagens dessa fome e de que maneira apresentar o alimento, para que ele não reste relegado nas prateleiras.

Ler com prazer e por prazer – tanto os livros que os alunos escolhem e lêem espontaneamente quanto aqueles que são indicados para a turma toda e com data marcada para se terminar. Não haverá, portanto, cobranças em relação a essa leitura, pois, como cobrar o prazer de ler? – como cobrar qualquer tipo de prazer, algo indizível para o sujeito que o experimenta?

Sim, sabemos que os próprios alunos cobram: “E agora, professor – o que vamos fazer com o livro que a gente leu?”

Não esperemos que a pergunta seja feita, antecipemo-nos a ela. Vamos “fazer” alguma coisa que seja marcante, desde o momento em que você leva o livro para a sala de aula e o apresenta à sua turma: a própria apresentação já deve instigar a curiosidade, criar a expectativa de que ler essa história será algo prazeroso.

Despertando, ainda, outra expectativa: a de que, durante e depois da leitura individual, haverá oportunidades de compartilhar as idéias e opiniões suscitadas por esse livro – o que deverá constituir outra fonte de prazer.

Esse outro momento, de conversas informais e atividades em torno do livro, será uma oportunidade também para o professor: a de acompanhar a leitura dos alunos, saber como estão sendo tocados por ela, o que pensam e o que sentem em relação ao que estão lendo – e, mais a médio prazo, que diferença o hábito de ler está fazendo no seu processo geral de aprendizagem.

Todos os conteúdos deste site estão registrados. Maura Maciel. - Todos os direitos reservados © 2010 - Desenvolvido por Anselmo Pereira